Pode Ler – Livro: Nosso Lar #23

Pode Ler – Livro: Nosso Lar #23

Olá!!! Como você está, jovem espírita? Por aqui está tudo bem e aprendendo muito com André Luiz sobre o mundo espiritual. 😊

Hoje tem capítulo novo e com ele mais lições. Bem-vindo, bem-vinda ao Capítulo 23 – Saber ouvir.

Lísias convidou André a admirar o luar em Nosso Lar. André Luiz respirou profundamente o ar da noite. Percebeu os aromas e toda a harmonia ao redor. Energias novas penetravam-lhe o ser. Sentiu tamanha paz que não sabia descrever o que se passava em seu íntimo.

As vibrações de paz reinante nasciam do esforço que a maioria dos habitantes equilibrados da colônia fazia para não emitirem pensamentos contrários ao bem. E isso era um compromisso deles!

“A paz do mundo
Começa em mim
Se eu tenho amor, com certeza sou feliz.
Se eu faço o bem,
Ao meu irmão,
Tenho a grandeza dentro do meu coração.”

(Nando Cordel)

Qual é a qualidade de seus pensamentos, jovem leitor: favoráveis ao bem todo o tempo ou só de vez em quando? Eu estou aqui analisando os meus…Vamos nos esforçar mais, certo? Eu vou. Preciso. Necessito. Devo.

Entrando novamente na casa de Lísias, nosso amigo espiritual (estamos falando de André, você sabe, não é?) notou um aparelho parecido com um rádio e logo quis saber se por aquele aparelho era possível receber notícias dos familiares que ainda estão na Terra. Lísias responde que há aparelhos em todos os Ministérios para ouvir isso. Porém, antes de cogitar qualquer notícia terrestre, importava a programação do serviço necessário, as notas da Espiritualidade Superior e os ensinamentos elevados. Essas transmissões baseiam-se em forças vibratórias mais sutis que as da esfera da crosta.

Jovem leitor espírita, quais as razões para tal? Qual será que é o tipo de vibração que emana da Terra (incluído aí a família, os amigos, os grupos sociais, a nossa própria…)?

Lísias comenta que durante os testemunhos da vida, a grande maioria age com fraternidade apenas com os “seus”, esquecendo-se do resto das obrigações, apesar dos discursos de solidariedade. Fiz aqui um exame de consciência…

Lísias trouxe muitas informações para André, as quais são verdadeiras lições para nós também. Uma delas que me impactou muito: “tão importante saber falar como saber ouvir”. E você, jovem leitor, quais lições você tira das informações trazidas por Lísias? Aliás, de todo o capítulo?

Vá lá na própria obra, acesse o capítulo, reflita, registre suas impressões (suas dúvidas, também), tire suas conclusões. Quais são os seus aprendizados desta semana? 😃

Comente aí para nós!

Até a próxima semana!

Fontes
Nosso Lar – André Luiz (espírito), Francisco Cândido Xavier (psicografia)
www.pixabay.com.br

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *